Mercado imobiliário

Bradesco reduz juro do financiamento imobiliário

Corte na taxa do crédito imobiliário acompanha queda da Selic
Bradesco reduz juro do financiamento imobiliário

O Bradesco anunciou na segunda-feira (30) uma redução na taxa de juros da sua linha de crédito imobiliário. As novas condições entraram em vigor, na última terça-feira, 1º de outubro, em toda a rede de agências do banco, sendo 7,30% ao ano + TR. Anteriormente, as taxas começavam em 8,2% ao ano + TR.

Segundo o Bradesco, as novas taxas podem ser contratadas para financiamentos com prazo de até 360 meses. "O cliente pode financiar até 80% do valor do imóvel e o comprometimento máximo da renda líquida sobre o valor das prestações é de 30%", informou o banco.  

O movimento segue a redução mais recente da taxa básica de juros pelo Banco Central. O último corte de juros do financiamento imobiliário havia sido feito pelo banco no dia 18 de setembro, quando o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu de 6% para 5,5% a Selic e ainda sinalizou espaço para novos cortes ao longo do ano.

O crédito imobiliário foi uma das linhas que melhor atravessou o período de crise econômica. Tem a preferência dos bancos porque o imóvel é dado em garantia e também porque faz com que o banco estabeleça um vínculo de longo prazo com os clientes, gerando receitas com outros produtos e serviços.

 

 

Gostou da matéria? Compartilhe com seus contatos

Leia mais