Mercado imobiliário

Financiamento imobiliário volta a crescer em 2018

O volume financiado em dezembro com recursos da poupança (SBPE) caiu 31,6 por cento sobre um ano antes
Financiamento imobiliário volta a crescer em 2018

O financiamento imobiliário com recursos da poupança deve voltar a crescer em 2018, apoiado por juros menores e na recuperação da economia brasileira, após uma queda acumulada em torno de 60% nos últimos três anos. As informações são da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

O volume financiado em dezembro com recursos da poupança (SBPE) caiu 31,6% sobre um ano antes, informou a Abecip. Com isso, o crédito no setor fechou 2017 em 43,15 bilhões de reais, consolidando uma queda de 7,4% comparada a 2016.

A previsão da Abecip é de que a combinação de juro básico na mínima histórica, a expansão dos volumes da caderneta de poupança, e a leve recuperação dos níveis de emprego permitirão ao setor uma alta de 10% do crédito imobiliário pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) em 2018.

Para financiamentos imobiliários com recursos do FGTS, majoritariamente operados pela Caixa Econômica Federal, a previsão é de que o volume de desembolsos cresça uma média de 19% neste ano. Somando os recursos de FGTS e SBPE, a expectativa é de que o volume concedido seja 15% superior ao de 2017.

Gostou da matéria? Compartilhe com seus contatos

Leia mais